A Tektónica está de regresso e o CTCV volta a marcar presença, visite-nos no Pavilhão 2 - stand 2C01a

Tektónica 2021

A Tektónica - Feira Internacional da Construção está de regresso entre os dias 6 e 9 de outubro de 2021 e o CTCV volta a marcar presença, visite-nos no Pavilhão 2 - stand 2C01a.

 

O CTCV e a Ceragni apresentam o azulejo fosforescente, candidato a Prémio Inovação Tektónica 2021, um azulejo cerâmico para revestimento de paredes que incorpora pigmentos fosforescentes na sua superfície vidrada, dotado de uma elevada luminescência após irradiação luminosa na gama azul/verde, i.e., com capacidade de emitir luz visível durante várias horas no escuro. Estão a concurso para o Prémio Inovação Tektónica 2021, 19 produtos e serviços.

 

Saiba mais em: https://tektonica.fil.pt/premio-inovacao-tektonica/

 

 

 

 

 

Artigo publicado no International Journal of Environmental Research and Public Health

International Journal of Environmental Research and Public Health

Foi publicado no International Journal of Environmental Research and Public Health, uma revista indexada na Scopus e WoS, com um Fator de Impacto de 3.390 (2021) um artigo em que é co-autor o responsável do Laboratório de Segurança e Higiene Ocupacionais do CTCV, Francisco Silva. O artigo resultou do trabalho desenvolvido no âmbito da tese de doutoramento de Marta Sousa, da qual são orientadores Francisco Silva e Pedro Arezes e inclui uma colaboração entre o grupo de Ergonomia e fatores Humanos da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, e dois centros tecnológicos, o CATIM (@catim) - Centro Tecnológico à Indústria Metalomecânica e o CTCV (@ctcv) - Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro.

 

O artigo tem a referência seguinte: Marta Sousa, Pedro Arezes and Francisco Silva (2021). Occupational Exposure to Ultrafine Particles in Metal Additive Manufacturing: A Qualitative and Quantitative Risk Assessment. Int. J. Environ. Res. Public Health 2021, 18, 9788. https://doi.org/10.3390/ijerph18189788

 

O artigo está disponível online em open access no website: https://www.mdpi.com/1660-4601/18/18/9788

 

 

 

CTCV cria ponto de recolha de amostras em Porto de Mós

Ponto de recolha de amostras CTCV

Cerâmica de Construção e Utilitária • Vidro • Pedra Natural e Reconstruída • Agregados e inertes • Produtos de Betão • Cimentos • Argamassas • Colas • Adesivos

 

Com a colaboração da Câmara Municipal de Porto de Mós, o CTCV criou um ponto de recolha de amostras em Porto de Mós em:

 

Armazéns e Oficinas da Câmara Municipal de Porto de Mós, Rua das Quintas nº26, Corredoura - Porto de Mós
(GPS: 39º36'18.6''N 8º49'54.5''W)

 

O ponto de recolha de amostras vai estar em funcionamento nos dias úteis das 9:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00.

 

Para uma maior comodidade e redução de custos em transporte, as empresas podem entregar neste ponto as suas amostras, que serão posteriormente entregues nos laboratórios do CTCV para ensaio.

 

O transporte das amostras para os laboratórios do CTCV é gratuito e as amostras devem ser entregues devidamente embaladas, com peso até 25 kg e volume até 0,125m3 (aproximadamente 0,5m x 0,5m x 0,5m).

 

Os laboratórios do CTCV são acreditados pelo IPAC de acordo com a norma NP EN ISO/IEC 17025, para a realização de análises e ensaios técnicos, em particular os orientados para a análise das características dos materiais, demonstração da qualidade dos produtos industriais, investigação, intercomparação, que garantem os requisitos de conformidade e critérios de desempenho e qualidade dos produtos de construção e casa, antes da sua colocação no mercado.

 

Laboratório de Ensaio de Produtos • Laboratório de Análise de Materiais
Consulte a tabela de Ensaios e outros serviços nos laboratórios mencionados em www.ctcv.pt

 

Para mais informações, marque o 239 499 200 ou envie um email para clientes@ctcv.pt

 

 

 

Desafios Tecnológicos da Indústria dos Recursos Minerais da Cerâmica e do Vidro | 23 de junho, 2021  |  Auditório do Cineteatro em Porto de Mós

Desafios Tecnológicos da Indústria dos Recursos Minerais da Cerâmica e do Vidro

A pandemia por Covid-19 veio trazer incertezas que tenderão a perdurar na economia mundial e na competitividade das empresas, mas veio trazer também uma necessidade de apostar em empresas mais resilientes e capazes de responder às exigências dos mercados, aliando o saber à tecnologia.

 

Não só o contexto de pandemia, mas também os desafios climáticos, ou as exigências dos mercados e dos consumidores, obrigaram as empresas a reinventar-se, a refletir sobre o seu negócio, a ser mais eficientes e a entender que os desafios são grandes, mas as oportunidades também e há que as aproveitar.

 

• E que Oportunidades são estas?

• Que Reptos se colocam a estes setores?

• Que fatores podem acelerar o desenvolvimento tecnológico e a competitividade das empresas?

• Qual o futuro da mão-de-obra nestes setores? Que competências?

 

O evento promovido pelo Município de Porto de Mós e o CTCV - Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro e Centro de Interface Tecnológica, irá reunir entre os seus convidados, entidades públicas, entidades do sistema cientifico tecnológico, universidades, empresas e especialistas em temáticas como:

 

Descarbonização ● Novas Tecnologias de Fabrico ● Automação e Robótica ● Economia Circular ● Simbioses Industriais ● Inovação ● Mercados ● Pessoas

 

Público-alvo: Empresários e quadros técnicos dos setores da Cerâmica, Vidro e Recursos Minerais

 

O Programa do Evento será disponibilizado brevemente.

 

O evento é gratuito, mas os lugares são limitados e sujeitos a reserva. Não perca esta oportunidade e reserve já o seu lugar!

 

Inscrições aqui | Programa

 

 

Admissão de candidaturas a Técnico(a) Superior de Segurança no Trabalho para integrar a Equipa do Laboratório de Segurança e Higiene Ocupacionais

Admissão de Candidaturas LSHO

O CTCV pretende admitir um(a) Técnico(a) Superior de Segurança no Trabalho para integrar a sua Equipa do Laboratório de Segurança e Higiene Ocupacionais.

 

O(A) candidato(a) será integrado(a) numa equipa que realiza atividades de consultoria, formação e medição nas área da Segurança e Higiene Ocupacionais, em particular as desenvolvidas nos Serviços de Segurança no Trabalho em empresas industriais, ações de formação e avaliações da exposição a agentes químicos físicos e biológicos.

 

Os/as candidatos/as deverão possuir:

- Grau Académico de Licenciatura;

- Certificado de Aptidão Profissional de Técnico Superior de Segurança no Trabalho;

- Certificado de competência profissional de Formador;

- Disponibilidade imediata.

 

Tempo integral.

 

Candidaturas por email para centro@ctcv.pt com a Ref: LSHO2021-02

 

 

Admissão de candidaturas a estágio profissional ATIVAR.PT (IEFP), integrado no Laboratório de Monitorização Ambiental

Admissão de Candidaturas

Requisitos - O que se procura nos candidatos

- 12º ano ou técnico de laboratório (preferencial);

- Capacidade de aprendizagem rápida;

- Capacidade de iniciativa, de planeamento e organização do trabalho;

- Disponibilidade para deslocação às empresas, para formação in loco com os técnicos graduados da equipa;

- Facilidade de comunicação e relacionamento interpessoal;

- Elevado sentido de responsabilidade e interesse pela atualização dos conhecimentos técnicos na respetiva área de intervenção;

- Conhecimento de informática na ótica do utilizador, nomeadamente Office.

- O/A estagiário/a terá formação em contexto real, nomeadamente no que concerne à monitorização de fontes fixas (chaminés).

 

- Só serão admitidas candidaturas que reúnam as condições de elegibilidade para Estágio ao Abrigo do Regulamento previsto

 

Objetivos:

Desenvolver competências para a realização de ensaios de caracterização de efluentes gasosos, efluentes líquidos, ruído dentro do espectro de serviços efetuados pelo Laboratório nas instalações dos seus clientes.

 

Candidaturas por email para centro@ctcv.pt com a Ref: LMA2021-01

 

 

Admissão de candidaturas a Técnico Superior de Segurança no Trabalho (M/F) para Laboratório de Segurança e Higiene Ocupacionais

Admissão de Candidaturas

O CTCV pretende admitir um Técnico Superior de Segurança no Trabalho (M/F) para a sua Equipa do Laboratório de Segurança e Higiene Ocupacionais.

O candidato será integrado numa equipa que realiza atividades de consultoria e medição nas área da Segurança e Higiene Ocupacionais, em particular as integradas nos Serviços de Segurança do Trabalho em empresas industriais e avaliações da exposição a agentes químicos físicos e biológicos.

 

Os/as candidatos/as deverão possuir:
- Grau Académico de Licenciatura;
- Certificado de Aptidão Profissional de Técnico Superior de Segurança no Trabalho;
- Certificado de competência profissional de Formador;
- Disponibilidade imediata.

 

Tempo integral.

Elegível para realização de estágio profissional ao abrigo do programa do IEFP.

 

Candidaturas por email para: centro@ctcv.pt com a Ref: SHO2021-01

 

 

Admissão de candidaturas a estágio ATIVAR.PT, nível 7 (mestrado) para Laboratório de Sistemas de Energia

Admissão de Candidaturas

O CTCV, com sede em Coimbra, pretende admitir para Laboratório de Sistemas de Energia.
Estágio ATIVAR.PT, nível 7 (mestrado);
Jovem dinâmico (até 30 anos) M/F.

 

Requisitos:
Cumprir os requisitos para estágio ATIVAR.PT;
Mestrado em Engenharia Mecânica ou equivalente;
Residência na região de Coimbra;
Disponibilidade imediata.

 

Preferências:
Conhecimentos de termodinâmica;
Mecânica de fluidos;
Transmissão de calor.

 

Oferece-se:
Estágio profissional ATIVAR.PT; Condições de remuneração compatíveis; Possibilidade de integração em equipa profissional.

 

Resposta para: baiodias@ctcv.pt
www.ctcv.pt

 

 

Declaração Ambiental de Produto (DAP) - Fator Chave de Sustentabilidade

Declaração Ambiental de Produto (DAP) - Vídeo

O IAPMEI, em parceria com o CTCV, lançou um vídeo dedicado a uma importante ferramenta de gestão ambiental, a Declaração Ambiental de Produto (DAP). A DAP é um documento técnico que divulga informação sobre o desempenho ambiental de um produto ou serviço, baseando-se em estudos de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV). 

 

A promoção de ferramentas que possam divulgar os impactes e por conseguinte aspetos da sustentabilidade de um produto constitui um elemento estratégico em muitos mercados especialmente os mais sensíveis, nomeadamente através dos Rótulos/DAPs. Estas ferramentas fornecem informação sobre um produto ou serviço, no que diz respeito ao seu cariz ambiental de uma forma mais genérica ou a aspetos ambientais mais específicos. Assim, os compradores potenciais podem utilizar esta informação para selecionar os produtos ou serviços que desejarem adquirir, baseando-se em critérios de desempenho ambiental.

 

Enquadrado nas atividades da Agenda da Economia Circular do IAPMEI, este vídeo faz parte de um conjunto de conteúdos temáticos que o IAPMEI promove, visando sensibilizar as PME para a incorporação de princípios de sustentabilidade e boas práticas de economia circular na atividade empresarial.

 

As DAPs do tipo III são verificadas por terceira parte antes de publicadas num sistema de registo como o DAPHabitat. O CTCV colaborou na criação do Sistema DAPHabitat, programa de registo nacional de Declarações Ambientais do tipo III para produtos da fileira do habitat. Consulte mais em https://daphabitat.pt/

 

E os seus Produtos? Já têm uma DAP? Contacte-nos

 

Assista ao vídeo aqui.

 

 

Sistema de Incentivos à Inovação Produtiva - Registo de Pedido de Auxílio

Sistema de Incentivos à Inovação Produtiva - Registo de Pedido de Auxílio

Publicado Aviso N.º 02/SI/2021

 

No âmbito do Sistema de incentivos à Inovação Produtiva do Portugal 2020 foi publicado o Aviso de Concurso 02/SI/2021 referente ao pedido de Pedido de registo de Auxílio.

 

Estas candidaturas permitem às empresas darem início a projetos de investimento de inovação empresarial, definindo a data de início desse projeto, a submeter posteriormente ao concurso do Inovação Produtiva, permitindo com isto enquadrar investimentos anteriores à data dessa candidatura.

 

O projeto apresentado nessa candidatura deve corresponder ao que foi apresentado no pedido de auxílio, sem prejuízo das alterações justificadas e aceites na análise da candidatura.

 

Para mais informações, contacte-nos através do email inovacao@ctcv.pt

 

Ver Aviso de candidatura: https://bit.ly/3d4oiWO

 

 

Abertura de candidaturas no Programa de apoio à Produção Nacional
2 de fevereiro de 2021

Programa de apoio à Produção Nacional

Estão abertas candidaturas em várias regiões para apoiar o investimento empresarial na Indústria, no âmbito do Programa de Apoio à Produção Nacional. Estes avisos de candidatura são publicados para cada uma das Comunidades Intermunicipais.

 

Estes apoios são dirigidos às micro e pequenas empresas para expansão e modernização da sua produção, contribuindo para reduzir a dependência do país face ao exterior.

 

São financiados investimentos em máquinas, equipamentos, serviços tecnológicos/digitais, bem como sistemas de qualidade e de certificação que permitam alterar os processos produtivos das empresas.

 

Os projetos devem ter uma duração máxima de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais 6 meses. O investimento elegível máximo é de 235 mil euros, podendo beneficiar de uma taxa base de 30%, que será de 40% para os investimentos localizados em territórios do interior.

 

São acrescidos de majorações até um máximo de 20% para projetos que estejam enquadrados em prioridades relevantes como a transição digital, a economia circular, incluindo a transição energética. Estes apoios têm a natureza não reembolsável.

 

Mais informação:

Região Centro – CENTRO 2020

Região Norte – NORTE 2020

Contactos: inovacao@ctcv.pt

 

 

 

Lançamento do Programa Horizonte Europa (2021-2027)
2 de fevereiro de 2021

Programa Horizonte Europa

O programa “Horizonte Europa” será lançado no próximo dia 2 de fevereiro, numa sessão a decorrer através da internet (ligação a partilhar durante esta semana, no sítio da PERIN), no contexto da Presidência Portuguesa do Conselho da UE e organizada em estreita colaboração com a Comissão Europeia. O documento de contexto e o programa provisório estão disponíveis em www.perin.pt (em contínua atualização).

 

O evento reúne oradores de toda a Europa e inclui intervenções de investigadores, líderes empresariais e de responsáveis políticos e governamentais com o objetivo de mobilizar toda a Europa para o programa “Horizonte Europa, 2021-27” e a sua articulação com os programas nacionais de recuperação e resiliência, em preparação no âmbito do programa “Next Generation EU, 2021-26”.

 

Durante o evento serão particularmente apresentadas e discutidas ideias para a promoção da dupla transição verde e digital em toda a Europa, em associação com uma recuperação resiliente através de um Espaço Europeu da Investigação - ERA renovado.

 

O documento de contexto debruça-se sobre as questões críticas que hoje se colocam a este processo e à promoção da atividade de I&D na Europa, incluindo a necessidade de aumentar o investimento público e privado em I&D, designadamente no contexto da recente reafirmação pela Comissão Europeia da meta de 3% do investimento em I&D em termos do produto interno bruto, até 2030.

 

No caso de Portugal, a coordenação e divulgação da estratégia de reforço da participação nacional no programa “Horizonte Europa, 2021-27” é feita através da Rede PERIN- "Portugal in Europe Research and Innovation Network", que inclui as principais agências financiadoras e promotoras, designadamente a FCT, a ANI, a AICIB, a PT Space, a Agência ERSMUS e a DGES, em estreita articulação com os gabinetes de promoção dos programas europeus nas instituições académicas e de investigação, assim como em empresas, associações empresariais e centros de incubação de empresas e de interface.

 

 

Medidas preventivas de combate ao COVID-19

Medidas preventivas de combate ao COVID-19

O CTCV tem vindo, desde o início da pandemia, a seguir todas as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) para a adoção de medidas de contenção da propagação da COVID-19, quer nas suas instalações, quer, no âmbito das atividades que desenvolve com os seus clientes, nas instalações das empresas onde presta serviços.

 

Nesse sentido temos em curso um conjunto de medidas, muitas das quais implementadas desde o início e que se têm revelado bastante eficazes. Entre elas, estão identificadas medidas com implicação direta no contacto com clientes, fornecedores ou outros parceiros. A saber:

 

- Mantivemos em teletrabalho uma parte da atividade do CTCV, reduzindo assim a pressão de um grande número de pessoas nas nossas instalações, onde se encontram apenas os colaboradores cujas funções, pela sua natureza, não podem ser exercidas em teletrabalho;

 

- As reuniões de trabalho com pessoas externas, nas instalações do CTCV ou nas instalações do cliente, desenvolvem-se em videoconferência sempre que possível, mas em caso de necessidade de visita presencial é adotado um regime misto (uma parte dos envolvidos em videoconferência) para reduzir ao mínimo o número de pessoas em permanência num mesmo espaço;

 

- As reuniões ou visitas presenciais dos técnicos do CTCV ao estrangeiro, no âmbito de projetos internacionais e outros eventos, são substituídas por videoconferência, caso aplicável;

 

- As atividades formativas ou informativas agendadas para realização no CTCV ou nas instalações dos nossos parceiros são convertidas, sempre que possível, num modelo de formação online, e caso não seja possível são adiadas;

 

- Mantêm-se, em conformidade com os procedimentos de segurança previstos no plano de contingência do CTCV, as atividades de Monitorização em ambiente fabril, nomeadamente relacionados com a monitorização de efluentes gasosos ou de higiene industrial que sejam inadiáveis e essenciais à atividade do cliente;

 

- Mantêm-se também as atividades de medição e ensaio nos nossos laboratórios. A receção de amostras será sujeita aos procedimentos de segurança previstos no plano de contingência do CTCV, solicitando-se aos clientes que sempre que no ato da entrega das amostras cumpram todas as normas de higienização recomendadas e se abstenham de quaisquer contactos sociais com os nossos colaboradores.

 

Mais informamos que não é permitido o acesso às nossas instalações sem o uso de máscara de proteção (aplicada de forma correta) e que a entrada é sujeita à medição prévia da temperatura corporal (realizada pela rececionista) e que será vedado o acesso quando seja verificado que o visitante apresenta febre.

 

No combate ao Covid-19, o CTCV recomenda que se privilegie o contacto a distância e a utilização de plataformas digitais de comunicação, reduzindo as saídas e o contacto presencial ao estritamente necessário. Este conjunto de medidas permitirá com a serenidade que nos exige o momento que vivemos, reajustar e criar novas formas de trabalho, mantendo a atividade do CTCV e dos seus parceiros.

 

Apesar dos atuais constrangimentos o CTCV tem assegurado o seu funcionamento de forma regular.
Não parámos! Estamos ON!

 

 

Ref: EI02 - ENGENHARIA DE MATERIAIS (m/f) - CTCV - Coimbra

Engenharia Industrial

O CTCV desenvolve serviços de acompanhamento e otimização das condições de processo e de produção nos vários subsetores da cerâmica e do vidro, desde a extração e processamento de matérias-primas até ao produto final. Procura para integrar a sua equipa um estagiário para formação nas seguintes áreas:

- Desenvolver competências em metodologias de controlo de qualidade dos materiais e produtos cerâmicos;

- Desenvolver competências ao nível dos ensaios laboratoriais de controlo de produtos cerâmicos (Ensaios Químicos, Físicos, Mineralógicos e Térmicos);

- Desenvolver competências no âmbito da gestão dos Recursos Minerais disponíveis e do estudo de matérias-primas;

- Colaborar com os técnicos da Unidade no mapeamento das empresas dos vários subsetores da cerâmica e vidro, desenvolvendo assim conhecimentos sobre o setor em Portugal.

 

Perfil do candidato que procuramos:

- Condição obrigatória: o/a candidato/a deverá ser elegível para estágio IEFP;

- Mestrado em Engenharia de Materiais ou área afim (nível de qualificação 7);

- Flexibilidade mental para se envolver em novos processos e novos métodos;

- Capacidade de comunicação;

- Capacidade de trabalho em equipa;

- Sentido de responsabilidade e pró-atividade.

 

Candidaturas por e-mail, com Curriculum Vitae e identificação da referência a que se candidata, para: centro@ctcv.pt